A “RESPEITO EM CENA” NASCEU EM MARÇO DE 2021 JUNTO COM O MÊS INTERNACIONAL DE LUTA DAS MULHERES –  Idealizada pela documentarista, diretora artística e ativista brasileira Luciana Sérvulo da Cunha, a “RESPEITO EM CENA” abre suas cortinas para colocar sob holofotes a violência psicológica que ocorre de maneira sutil, disfarçada e mascarada no meio artístico. Com um time de jovens especialistas e a participação de artistas de 12 países da América Latina em sua primeira Campanha Latinoamericana de Combate à Violência Psicológica, entramos em cena para escutar suas histórias, dar suporte, denunciar, estimular debates, organizar atividades culturais e campanhas de prevenção e conscientização para romper com o silêncio no firme combate ao abuso emocional e ao assédio moral. Junto nesse desafio, contamos com as expertises de parceiras como o Tamo Juntas!, o Me Too Brasil, o projeto Justiceiras, o Instituto Dona de Si e o Portal Catarinas (Jornalismo com perspectiva de gênero) que se somam possibilitando que as sobreviventes de abusos e assédios no meio artístico possam receber apoio, consultorias e direcionamentos para a tomada de decisões e encaminhamentos necessários rumo à saídas, reparações e resoluções, botando um fim em episódios de violência em nosso meio.

EN ESPAÑOL

Concebida por la documentalista, directora artística y activista brasileña Luciana Sérvulo da Cunha, la “RESPEITO EM CENA” abre las cortinas y pone bajo los focos la violencia psicológica que se produce de forma sutil, disfrazada y enmascarada en el entorno artístico. Con un equipo de jóvenes especialistas y la participación de artistas de 12 países latinoamericanos en la primera Campaña Latinoamericana de Lucha contra la Violencia Psicológica, estamos entrando en escena para escuchar sus historias, dar apoyo, denunciar, estimular debates, organizar actividades culturales y campañas de conciencia y prevención rompiendo el silencio para combatir el abuso emocional y el acoso moral. Para este reto contamos con el compromiso y la experiencia de socias como Tamo Juntas, Me Too Brasil, el proyecto Justiceiras, Instituto Dona de Si y el Portal Catarinas lo que permite que las supervivientes de abusos y acosos en el entorno artístico reciban apoyo, asesoramiento y orientación para la toma de decisiones y las derivaciones necesarias hacia soluciones, reparaciones y resoluciones, poniendo así fin a episódios de violencia.


“NÃO É FICÇÃO” “NON É FICCION”- FICHA TÉCNICA

Criação e Direção / Creacion y Direcion: Luciana Sérvulo da Cunha @lucianaservulo

Arte: Nani Brisque @nanibrisque
Edição / Edicion: Pedro Fortini @pedroofortini

Música Original: André Abujamra@andre_abujamra
Uma produção / Una producíon: @respeitoemcena

ELENCO / Cast (por ordem de aparição / en orden de aparición):
Juliana Alves – BRASIL | Thelma Fardin – ARGENTINA | Tânia Quiroz – BOLIVIA | Mariana Loyola – CHILE | Marcela Lunar – VENEZUELA | Carmita Angulo – Equador | Daniela Vasques – COLÔMBIA | Camila Selser – NICARÁGUA | Rosio Carranza – COSTA RICA | Johanna Murillo – MÉXICO | Luciana Sérvulo da Cunha – BRASIL Magda Menezes – COLÔMBIA | Mirta Busnelli – ARGENTINA | Mônica Torres – BRASIL | Romina Urbina – CHILE | Maria Lucas – BRASIL | Wanderley Gomes – BRASIL | Glória Carrión – NICARÁGUA | Andréa Gutierrez – CHILE | Alma Blanco – NICARÁGUA | Leonor Zúniga – NICARÁGUA | Angela Vieira – BRASIL | Dani Ornelas – BRASIL | Mercedes Payne – EQUADO R | Suzana Pires – BRASIL |Sol Busetta – ARGENTINA | Vanessa Gerbelli – BRASIL | Erika Andia – BOLÍVIA | Hildo de Assis – BRASIL | Dolores Heredia – MÉXICO